Vinhos espanhóis

Fomos a uma degustação de vinhos espanhóis no Senac conduzida pelo especialista José Ivan Santos. Degustamos sete vinhos.


Reserva Seleción de Familia - Bodegas Luis Cañas (Rioja) 1999: aroma intenso, muita baunilha, leve lácteo, taninos finos, leve amargor final, amora e pimenta, sobrando um pouco de álcool. Com evolução apareceu mais madeira.



Gonzalo de Berceo Gran Reserva 1996 - Bodegas Luis Gurpegui Muga: aroma intenso de chocolate, pouca fruta, resina, leve baunilha, macio, tanino fino, final de chá preto. Com evolução apareceu café e toffee.



Mas Igneus 2001 - Bodegas Mas Igneus (Priorato): este ainda estava jovem, chocolate amargo, groselha, ervas tostadas, coco queimado, taninos finos, repete olfato na boca e toque de almíscar.



Prado Rey Crianza 2002: café e ervas, muito macio, com amora, ainda está jovem, taninos finos e presentes com acidez (que acompanha o conjunto). Este e o próximo foram os nossos preferidos.



Dominio de Atauta 2003: começou fechado, fruta doce, violeta, baunilha, taninos excelentes, equilibrado, jovem, doce de leite e boa acidez. Vai estar melhor em uns 4-5 anos.



Abadia de Retuerta Rívola 2003: doce de leite, leve almíscar, morango, pimenta, ervas, madeira verde, final de baunilha intenso. Foi um dos vinhos sorteados no final e que ganhamos (a Nina foi sorteada).



Aldor 2005 - Bodegas Matarromera: anis, erva doce, bem aromático, bem típico vinho de verdejo.






Postado por Marcel Miwa e Nina Moori.

Comentários

Anônimo disse…
Ests degustações são caras? É preciso ter experiência para participar? Tenho vontade de fazer um curso sobre vinhos, mas não sei por onde começar. Agradeço.
Unknown disse…
Essa degustação, por exemplo, custou R$30,00. Pelo nível dos vinhos, raramente cobram um valor tão baixo. Tudo depende do seu nível de interesse no tema da degustação.
Não, não é preciso ter experiência para ir a uma degustação. Claro que existem alguns "enochatos", basta ignorá-los. O que vale é a sua percepção, fique preso a ela! Ninguém começou neste mundo percebendo todos as nuances e aromas do vinho, o legal desta "brincadeira" é justamente notar a evolução da sua percepção, e definir o que lhe agrada e o que não. Não se sinta obrigado a gostar do que a maioria ou algum "especialista" gosta.
Em relação aos cursos, posso lhe sugerir 3 instituições: a sbav, a abs, e o senac, onde estudo (em São Paulo). Sugiro que faça alguma degustação (a mais barata) para conhecer a estrutura de cada uma, e verificar qual lhe agrada. Por exemplo, essa mesma degustação de vinhos espanhóis será realizada novamente em 29/09, veja no site do senac-sp, setor de eventos no mês de setembro. Outra oportunidade é uma degustação da importadora Vinci, dias 27-28/8 (SP). Custa R$120,00, mas lhe dá a oportunidade de provar muuuuitos vinhos, porém sem muito tempo para analisar cada um.
Confira os sites:
www.vincivinhos.com.br
www.sp.senac.br
www.sbav-sp.com.br
www.abs-sp.com.br
Estou à disposição para qualquer outra dúvida,
Abs,
Marcel Miwa.
Cris disse…
Nina, qual sua preferência, tinto ou branco? Gostei muito da sua explicação no comentário, eu pensava que iria pagar o maior mico se fosse a uma degustação sem ter feito curso... Bjs!
Unknown disse…
Oi Cris, eu acho que cada um tem seu momento. Por exemplo, se o vinho acompanhará alguma comida ou se beberei em um bar, se está calor ou frio, se é uma ocasião chic ou simples etc...
A diversidade é muito grande, não me privo de experimentar tintos ou brancos.
Falando genericamente (beeeem genérico!):
Vinho branco:
Se gosta do aroma da uva mesmo, tente a variedade moscatel(nacional), se gosta aromas de baunilha, coco, maçã, tente um chardonnay que tenha passado pelo carvalho (normalmente o rótulo indica), se gosta de aromas de maracujá, abacaxi, grapefruit tente sauvignon blanc
Vinho tinto:
mais leve com aromas de frutas vermelhas: beaujolais(morango e framboesa) e valpolicella (cereja e ameixa)
mais pesado e encorpado: malbec (geléias, frutas negras e ameixa), cabernet sauvignon (mais sério), merlot (mais descontraido e frutado).
Abs,
Marcel e Nina.

Postagens mais visitadas