Carne de cabrito


Neste post, comentei sobre os presentes que ganhei da moça que trabalha aqui em casa. Resolvi preparar um prato que usasse a carne seca de cabrito. Eu nunca havia comido este alimento. Imaginei que o uso fosse o mesmo que a da carne seca de vaca/boi. Esta carne é bem menos salgada que a de boi. A A. disse que prepara cozida com batatas e cenoura. Eu quis tentar outro prato.

Arroz de carne de cabrito seca: hidratei a carne em água fria. Cortei, limpei e cozinhei em água no fogo baixo para amaciar um pouco. Escorri. Refoguei cebola, cebolinha, alho, pimenta vermelha, carne, massa de tomate e um pouco de cachaça. Temperei com cominho e sal. Junte caldo de legumes (preparado em casa é mais saudável). Cozinhei em fogo baixo até a carne ficar tenra. Junte vagem cortada. Adicione arroz cru e mais caldo de legumes quente. Verifiquei o tempero no final. Servi polvilhando com salsa picada e limão à parte.
O sabor é mais suave do que imaginei!

Postado por Nina Moori.

Comentários

Anônimo disse…
Que arroz exótico. Sabe onde posso encontrar esta carne aqui em SP? obrigada, Camila.
Anônimo disse…
A carne de cabrito pode ser usada desfiada?
Oi Camila, eu não tenho certeza, mas é bem provável que você encontre esta carne seca na casa do norte (sei que tem na Lapa, Jabaquara e Santo Amaro). Quando preciso de produtos de origem nortista, procuro neste locais. bjo, Nina.
Creio que a carne de cabrito pode ser usada sem problemas desfiada. Cozinhe em fogo baixo para amolecer um pouco e depois desfie.
fezoca disse…
Nina, que interessante! a carne do cabrito ja eh muito saborosa. Minha mae faz receitas com cabrito em ocasioes especiais. imagino que na carne seca o sabor deve ficar bem concentrado. hmm_hmm!! beijo,
Elvira disse…
Cá em Portugal, usamos bastante carne de cabrito, só que fresca, nunca seca. Fiquei curiosa... Deve ser muito boa, seca. Bjs.
adoro carne de cabrito.........e assim melhor comia...bjokas grandes
Fezoca, Elvira e Belinha, eu tbm nunca havia comido esta carne seca. Achei muito boa, bem diferente da fresca, o sabor é mais profundo.
bjos, Nina.

Postagens mais visitadas