Sobaria

Quando fomos ao Sorvetes Frutos do Cerrado, observamos o restaurante ao lado, Sobaria. Voltaríamos à Vila Mariana em outra oportunidade para conhecer a casa, já que somos apreciadores de pastas ensopadas orientais.
Em um almoço ensolarado de inverno, lá fomos nós.

Chipinha crocante, um salgadinho com levíssimo toque de queijo. A chipinha seria uma versão seca, assada e sem graça da saudosa pastelina (um salgadinho folhado) que comia no Rio Grande do Sul durante as férias. À "salgados" R$10,00, compensa mais uma porção de amendoim.

O Marcel pediu a Linguiça de Maracaju na brasa, acompanhada por mandioca cozida, vinagrete, farofa e arroz.

A Nina pediu o Okinawa Sobá com lombo. Caldo simples, pasta simples, muita cebolinha (que confesso sempre eliminar o excesso), omelete suave e emincé de lombo de porco. Este prato deve ser encarado como uma versão do soba.

O serviço estava um pouco desatento, principalmente em relação às mesas externas.


Postado por Nina Moori.

Comentários

Anônimo disse…
Olha só! Estava sentindo faltada das suas críticas construtivas.
Você é paulista ou gaúcha?
Anônimo disse…
Li em uma reportagem sobre este restaurante dizendo que os sobas são uma adaptação da visão dos descendentes de Okinawa no MS. Já fui duas vezes neste restaurante, mas nunca vi nenhum descendete de japonês entre os clientes ou funcionários.
Será que o estilo não agrdou a colônia?

beijo
Anônimo disse…
Moro no mS e o soba é sim uma adaptação do soba dos descendentes de Okinawa. Aqui em Cgde, é prato tipico que todos comem, brasileiros e descendestes de japoneses . E o estilo aqui agrada a todos.
Gourmandise disse…
No menu do Sobaria, está descrito a influência do Soba. Em MS faz realmente muito sucesso, mas em São Paulo, ainda não encontraram o nicho.

N.

Postagens mais visitadas