Mais alguns queijos A.O.C.

Ótimos queijos tornam o meu dia mais feliz. E se estiver acompanhado por taça(s) de bons vinhos e algumas fatias de pão, melhor ainda.
Certa noite, na casa de F., apreciamos uma fabulosa table de fromage:

Camembert de Normandie

Chaource (foi a primeira vez que degustamos)

Pônt L'Evêque

Brie (com Confit de Pinot Noir d'Alsace)

Vacherin Mont d'Or (desta vez acompanhado por linguiça defumada de Morteau - como sugerido pela Elvira)



Experimentamos também finas fatias de magret defumado que derretiam na boca.

Acompanhamos com Cava Vall Ventós rosé (extremamente seco, muito agradável, com alta acidez e aromas de frutas vermelhas - morango) e Champagne Vouette et Sorbée Fidèle (aromas típicos de um Champagne natural, fermentado em barrica e com nariz evidente de Pinot Noir - um produtor cult da região).



Postado por Nina Moori.

Comentários

clau disse…
Qta coisa boa...!!
Em casa tb nòs "atacamos" de queijos, daqueles tipo excepcionais, acompanhados de mostardas de frutas e vinhos escolhidos a dedo: coisas do marido expert, rss.
E me deu saudade, pq faz tempo que nao compro, dos meus camemberts normandos, fedidos que sò, mas bons demais!
Bom fim de semana ai para vcs!
Anônimo disse…
Encontro estes vinhos por aqui, em São Paulo?
R.
Gourmandise disse…
Queijos quanto mais fedidos, mais saborosos. No Brasil temos muitos queijos ruins, feitos com leite "morto", pasteurizado. Salvam-se apenas alguns mineiros e gaúchos, na minha modesta opinião.

Estes vinhos foram adquiridos lá fora (França e Espanha). Acredito que ninguém está importando para o Brasil no momento.

bjos,
N.M.
Daniel M. disse…
Deu água na boca...
Anônimo disse…
BOM DIA...qe delicia as fotos, os queijos parecem deliciosos...
Espero que pouco a pouco o costume dos brasileiros e principalmente do governo brasileiro permita queijos de leite cru, como se faz desde sempre aqui na europa.
Eu trabalho com queijos e tenho mais de 500 referencias de queijos de toda europa na minha loja e espero para o futuro poder levar alguma coisa pro Brasil....
Saude a todos
Anônimo disse…
Tenho fotos impressionantes de queijos daqui da europa, cabra, vaca, ovelha, bufalo.... trabalho com uma camera de conservaçao e maduraçao de queijos unica em barcelona....pena que nao o brasileiro nao tenha o costume do queijo, tem o gosto mas nao o costume de por queijos na mesa e em cima ter que comer queijos de leite pasteurizado. Tem algum lugar que eu possa postar umas fotos de queijos e da minha camera fria de queijos?
Saludos a todos
Abrazos
Gourmandise disse…
Basicamente a Vigilância Sanitária não permite a comercialização e produção de leites e derivados não pasteurizados por questão de higiene e conservação.
Acredito que em muitas cidades brasileiras, a geladeira ainda seja um objeto de decoração. O calor intenso realmente estragaria rapidamente os leites. Por outro lado, os produtores de queijos adorariam poder trabalhar com leite cru e fariam de tudo para manter os níveis de higiene e segurança necessários.
O povo brasileiro não consome outros queijos além da mussarela, do prato e do branco porque simplesmente os outros são muito mais caros. Depois da primeira vez que experimentamos um queijo de verdade, não tem como não adorar.
Somente alguns queijos à base de leite não pasteurizados entram no Brasil. Acho que conseguiram uma liminar.
Em nome da Boa Mesa vou fazer pensamento positivo para em breve poder saborear muitos queijos brasileiro e europeus saborosos.

Você tem blog? Poderia criar um bolg para postar esta delícias! Muitas pessoas adorariam ver as fotos e ter mais informações sobre queijos.


bjos e abs,
N.M.
BRUNO disse…
Fiz um blog.
http://salondufromage.blogspot.com
Ta começando
Gracias
Abrx
Gourmandise disse…
Após a reportagem sobre o queijo Vacherin Mont-D'Or no Globo Rural, recebemos muitos e-mails de pessoas interessadas no produto.
No Brasil, ninguém importa este queijo. Ainda. Quem sabe um dia o Sta Luzia, Sta Maria ou Caseus se interessem pelo produto...

att,
Nina Moori.

Postagens mais visitadas