Pernil estufado com cerveja

Prefiro ir às compras com uma lista de ingredientes/produtos à mão. Evita gastos desnecessários e economiza tempo.
Mas de vez em quando, não tenho ideia nem inspiração para montar o menu da semana. Vou ao mercadinho ou feira e verifico o que aguça o meu estômago (e cabe no meu bolso).
Numa dessas últimas visitas ao mercado, deparei-me com pernil desossado. Lembrei que no dia anterior havia sentido o cheiro de pernil assado na vizinhança (algum vizinho estava preparando um pernil tão cheiroso!).

Chegando em casa, retirei o excesso de gordura (reservando um pedaço para a cocção), cortei os 800g de carne em cubos e reguei com 177,5ml (1/2 garrafinha) de cerveja tipo Dunkel (era a única que tinha em casa - pode substituir por uma mais leve, como a Pilsen). Uni um grande ramo de alecrim fresco e um dente de alho quebrado. Uma noite na geladeira marinando.
Dia seguinte, escorri a carne do pernil. Aqueci a marinada, unindo o restante da garrafa de cerveja. Selei os cubos de pernil na gordura reservada, acrescentei 20g de bacon, 1 cebola grande, 3 dentes de alho e um toque de açúcar mascavo. Cozinhei em fogo bem baixo, regando com a cerveja aquecida. Um pouco de sal marinho. Uma hora no fogo baixo. Dois tomates concassés. Trinta minutos. Correção de sal, pimenta do reino branca. Finalizei com manteiga.

Para acompanhar o pernil estufado com cerveja: purê de cenoura, purê de batata, legumes sautée ou pasta longa alho e óleo.

Postado por Nina Moori.

Comentários

Anônimo disse…
Daria certo fazer com o pernil inteiro?
Gourmandise disse…
Precisa de uma penela bem grande. Ou pode assar lentamente, regando com a cerveja (precisará acrescentar mais líquido).

abs,
N.
clau disse…
Aqui em casa usamos muito o vinho, para cozinhar.
Mas tem coisa que tb vai super bem se cozida na cerveja.
E vejo que foi o que aconteceu com este seu pernil, que deve ter ficado um show, eu imagino!...
Bjs!
Gourmandise disse…
Pernil com vinho também é ótimo!
bjo,
N.

Postagens mais visitadas