Lentilha Beluga germinada

Lembra-se daquele grão de feijão que você deixou descansando sobre algodão úmido até brotar na aula de ciências? Pois bem, germinar grãos é simples assim.
Não se preocupe. Não vou começar a falar sobre raw food. Estou apenas testando grãos germinados e brotos como uma forma de explorar ainda mais os ingredientes da minha mesa.
Testei com a lentilha comum (ficará para um post futuro) e com a lentilha Beluga (negra, menor e mais rígida).


Depois de ficar de molho por oito horas em água filtrada, escorra as lentilhas tipo Beluga, coloque em um pote de vidro ou plástico, feche com gaze e elástico e deixe em local arejado e claro por 1-2 dias. Lave as lentilhas duas-três vezes ao dia. Caso não consuma na hora, mantenha na geladeira por até dois dias.


Experimentei os brotos da lentilha Beluga crus, mas achei o sabor meio sem graça (parecido com o moyashi). Achei melhor refogar para ver se melhorava o gosto.


Refogue um pouco de cebola e alho em azeite e adicione as lentilhas germinadas e um pouco de água filtrada quente. Cozinhe por cerca de 5-8 minutos, tempere com flor de sal e pimenta do reino moída na hora e sirva.
Servi as lentilhas germinadas com sobrecoxa de frango assada com limão e mel.


Postado por Nina Moori.

Comentários

Anônimo disse…
Nina, onde voçê consegue comprar lentilha beluga. eu não encontro. , eu fiz uma com soja mais não deu muito certo.
Gourmandise disse…
Consegui a lentilha Beluga na França, mas sei que no Canadá é mais comum. No Brasil não tem ainda.

Postagens mais visitadas