5ª Harmonização Virtual

Nesta edição nossos amigos do Le Vin au Blog (Rafaela e Claudio) sugeriram o vinho Finca La Linda Bonarda 2006. Para escolhermos o prato, demos uma “olhadinha” na ficha técnica do vinho (ótima, completa - disponível no site da importadora Decanter) e parte da idéia surgiu de lá.


O prato escolhido foi o Risotto de cogumelo e pepperoni:
Fundo (caldo) de legumes:
½ xícara de cenoura picada
1 xícara de cebola picada
½ xícara de salsão picado
1 dente de alho pequeno esmagado
4 talos de salsa
3 pimentas do reino em grão
Leve tudo ao fogo baixo com 1L250ml de água. Deixe cozinhar por cerca de 40 minutos, após levantar fervura, sempre no fogo baixo. Coe e reserve o caldo. O caldo que sobrar, esfrie e congele para futuras receitas (sopas, molhos, etc).
Risotto:
1 colher (sopa) de óleo
1 colher (sopa) de manteiga
½ cebola média picada
180g de pepperoni finamente fatiado
100g de cogumelo Paris fresco fatiado (cerca de ½ bandeja)
50ml de vinho tinto seco
½ xícara (chá) de arroz arbóreo
fundo de legumes bem quente
¼ xícara (chá) de queijo parmesão ralado
sal a gosto
Aqueça o óleo e manteiga em panela de fundo grosso. Junte a cebola e refogue sem dourar. Junte o pepperoni e deixe dourar levemente.
No fogo alto, adicione o cogumelo e refogue por cerca de 5 minutos. Junte o arroz e refogue.
Acrescente o vinho tinto. Abaixe o fogo e adicione 2 conchas de fundo de legumes quente (deixo uma panela pequena com o fundo em fogo bem baixo).
Conforme o líquido for evaporando (não use tampa), acrescente mais um pouco de fundo de legumes. Mexa de vez em quando para não grudar nas laterais ou fundo da panela.
Cozinhe até o arroz ficar al dente (a quantidade de fundo varia conforme arroz, provavelmente estará no ponto com cerca de 3 xícaras). Acrescente sal a gosto e desligue. Finalize com queijo parmesão. Sirva imediatamente.


Impressões: desta vez nossas impressões foram semelhantes. O vinho possui um forte caráter italiano, com potência alcoólica de Novo Mundo. Aromas mais nítidos de cereja (dip n’lick), ameixa, madeira não muito elegante e leite. Lembra o perfil de um Dolcetto.
Na harmonização, tivemos que dar um desconto pois o pepperoni que compramos não tinha a picância esperada. Porém tentamos corrigir no prato com o acréscimo de pimenta do reino. Primeira parte (sem pimenta) – achamos que o equilíbrio era alcançado quando a garfada continha pedaços do pepperoni. Quando isto não ocorria, o vinho atropelava o prato. Segunda parte (com pimenta do reino polvilhada) – neste caso a sinergia foi muito melhor. Matt Kramer, autor de alguns livros sobre vinho, certa vez escreveu (acho que em algum site) a pimenta do reino arredonda qualquer ligação prato-vinho. Sempre fui muito cético a esta regra, porém neste caso dou o braço a torcer! Melhorou muito! Tanto o prato como o vinho ganharam quando provados conjuntamente. A única ressalva é o alto teor alcoólico do vinho, que briga um pouco com a comida (qualquer uma). No ranking geral, achamos que esta harmonização foi uma das melhores, logo após ou empatado com a 1ª harmonização (steak au poivre com Pascual Toso Malbec).
Dêem uma olhada na opinião do Espressa-mente.

Postado por Marcel Miwa e Nina Moori.

Comentários

Le Vin au Blog disse…
Oi, Nina!

Agora já sabemos do segredinho da pimenta-do-reino. :)

Gostamos da experiência, apesar de termos vivenciado algo um pouco diferente.

A primeira harmonização continua imbatível. :)

Beijos.
Rafaela
Diogo disse…
Show hein galera!! Esse risotinho tá lindão.

Adoro os vinhos da Finca Luigi Bosca!

Bjos
Nina, achei a receita do Risotto o máximo.
Boa semana
Márcia
goles & nacos disse…
o aspecto do prato é convidativo
e aumentou minha vontade de permanecer procurando pelo Bonarda...

beijos,
Joana
Gourmandise disse…
Rafaela, eu estava duvidando da pimenta do reino preta e, apesar de não ser grande fã dela, tenho que admitir que deu certo!

Diogo, achei que faltou um toque verde no visual do risotto, mas o sabor estava ok. Eu ainda não conhecia esta linha do Luigi Bosca.

Natural, obrigada! O risotto ainda não havia participado destas harm. virtuais. Um prato tão conhecido precisava marcar presença.

Joana, faça pelo menos o risotto...tente com um outro vinho Bonarda.

bjos,
N.
espressa-mente! disse…
com atraso publico minha participação na harmonização entre blogs. foi um prazer participar "di novo"!!! :o)

Postagens mais visitadas