Kwak - Cerveja do carteiro

A Kwak é uma cerveja belga muito saborosa, bem acima da média. É produzida pela mesma cervejaria responsável pelas cervejas mais famosas Deus e Tripel Karmeliet.


Destaque para o copo em que é servida: na era napoleônica, o cervejeiro Pauwel Kwak desenvolveu este copo para que seu carteiro pudesse beber cerveja sem que abandonasse a carroça de serviço. Uma vez que era proibido abandonar a carroça ou o cavalo durante o serviço. Este copo permitia o transporte seguro da sua cerveja. No site, tem um pequeno vídeo ilustrando o uso do copo.


Postado por Marcel Miwa.

Comentários

Laurinha disse…
Engraçado como as histórias às vezes são tão estapafúrdias...
(assim como esta palavra, dondéquieutirei...)

Beijinhos,
Unknown disse…
Laurinha, o Marcel havia pedido esta cerveja no Drake's. Gostou muito do sabor e da forma com que é servida. Resolveu pesqueisar sobre a história dela!

bjo,
Nina.
Marizé disse…
Adorei a história, o copo e o video.

Beijocas
Há uns anos abriu aqui em Portugal a cervejaria Lusitana, a comida não é muito do meu agrado, sempre muito igual, mas as cervejas.... nossa são optimas, vale a pena provar.
Um beijo
Natural Naturalmente - Márcia
Unknown disse…
Marizé, um copo num formato tão inusitado e uma boa cerveja só podim ter uma história pitoresca!

Márcia, tenho muita vontade de conhecer Portugal...mas teria que ficar por cerca de 1 mês para visitar todos os locais que tenho vontade...quem sabe um dia!

bjo,
Nina.
Essa eu e o Fernando nunca provamos, mas adorei a apresentação e o copo. Vai para lista.
Ontem publicamos o texto de um livro que fala sobre copos e bebidas! Mais uma coincidência... rs
Beijos
Unknown disse…
Débora, este cerveja é gostosa, mas este tipo de copo cria um clima diferente ao degustarmos a bebida.

bjo,
Nina.
Valentina disse…
Gosto desta cerveja. não sabia da historia do copo.adoro estas coisas. Agora me deu sede.
Unknown disse…
Valentina, o Marcel experimentou no Drake's e ficamos curiosos com o copo inusitado. Resolvemos pesquisar sobre ela para publicar aqui.

bjo,
Nina.

Postagens mais visitadas