Taormina

Durante a minha infância frequentei muitas cantinas em São Paulo. Lembro da mesa com tios, primas e avôs, pratos imensos de pasta chuta e filé a Parmegiana, jarras de vinho (devo recordar o leitor que o "vinho da casa" naquela época era algo questionável) e pudim de leite de sobremesa. O ambiente ruidoso e quase caótico (um campeonato entre brigada de salão, clientes e música ambiente) e garçons se esbarrando no vai-e-vem por entre as mesas.
Sem falar nas garrafas penduradas no teto que eu acreditava que estavam prontas para cair sobre a minha cabeça.
Os anos foram passando, meus avós envelhendo, os primos crescendo (seguindo cada um o seu rumo) e minhas idas às cantinas foram diminuindo.

Na última vez que fui à cantina Taormina (Al. Itu, 251) me dei conta de que ainda não havia escrito sobre este estabelecimento no Gourmandise.

No almoço, o menu (preço fixo) é composto por antepasto, prato principal (cinco a seis tipos de pasta), sobremesa (fruta) e café com cannoli.

Berinjela Caponata - ok

Fusilli calabresa, Mafioso (berinjela com ricota defumada), Ravioli de bacalhau e Rondelli com dois molhos - tudo correto, com bom molho de tomate.





Abacaxi, papaya e morango

Cannolis e café (cafeteira italiana) - sempre é o ponto alto do almoço no Taormina, um dos melhores cannolis de São Paulo (perdendo apenas para a edição especial que a Bráz fez ano passado).


Se a brigada de salão demorasse um pouco mais para atender os clientes, ficaria parecida com aquelas cantinas da minha infância.

Faixa de preço: $$ (com água, por pessoa).

Postado por Nina Moori.

Comentários

Anônimo disse…
Post ótimo, como sempre, mas "espassadas" não dá...
Gourmandise disse…
obrigada. devidamente corrigido.
Anônimo disse…
O Taormina não nada de especial. O melhor deles é a localização e o canoli.

R.
Anônimo disse…
Depois que ganhou o selinho do saudosismo do colono italiano, a dona do Taormina ficou mais estridente e gritando como nunca com os garçons.
Anônimo disse…
professora queira, convenhamos que a cantina Taormina só vale pelos cannoli. O resto é só pasta tchuta e gritaria da dona com os funcionários na frente de clientes.
bjo,
Maria Antônica Melo

Postagens mais visitadas