Pão com alecrim fresco e linhaça au levain (fermento natural)

Mais um pão à base de fermentação natural confeccionado com a mesma receita base. Apenas inclui um pouco de linhaça (para dar textura e deixar o pão ainda mais saudável) e alecrim fresco (um toque fresco e perfumado).

Pão com alecrim e linhaça (fermentação natural):
(um pão de trezentos gramas - 100% = 300g)
11,66% de Pierre (fermento natural)
11,66% de água mineral 1
11,66% de farinha de trigo 1
100% de farinha de trigo 2
5% de linhaça
1,5% de alecrim fresco (somente as folhas)
66% água mineral 2
2,66% de sal marinho
O método de preparo é o mesmo, com suas devidas substituições.


As fatias deste pão foram consumidas com fios de azeite e queijo Sardo (argentino).

Se tem alguma dúvida sobre as medidas e equivalências dos ingredientes, clique aqui.

Postado por Nina Moori.

Comentários

Kats disse…
Que delícia! Será que dá para fazer na máquina de pão? sou meio preguiçoso...
Gourmandise disse…
Oi Kats,

Creio que dê para fazer este pão na máquina. Pelo menos a etapa da sova. Talvez precise de mais líquido.
Se assar na máquina, o produto final será bem diferente, não cria uma casca tão crocante.

abs,
N.
clau disse…
Belissimo!
Mas é melhor que eu nem tente fazer, pq ultimamente todos os meus paes, com exceçao do "Knead Bread", terminam parecendo brioches!... rss rss
Bjs!
Anônimo disse…
Este queijo Sardo é de massa mole, dura, filada, etc?
Gourmandise disse…
Clau,
Precisa se arriscar sim! Afinal você tem ótimas farinhas de trigo ao seu alcance. Aqui no Brasil nos viramos com o que temos.

O queijo Sardo é de massa dura e sua cura e aparência final recorda um Parmigiano.

abs,
N.

Postagens mais visitadas