O Cheesecake da dona Lonka

Às vezes sinto até preguiça de ver quantos semi-cheesecakes temos no mercado nacional: rígidos, ressecados, baixos e repletos de açúcar.
Fico sonhando com aquele Cheesecake alto (pelo menos 4,5cm de altura), cremoso, aerado (nada daquele recheio rígido e ressecado) e pouco doce (a calda deve ser a principal fonte de doçura).
Consegui contar nos dedos de uma mão quantos cheesecakes bons que já experimentei em São Paulo. Um deles era o da dona Lonka* do Z-Deli (Al. Gabriel Monteiro da Silva, 1.350) - encontrei a receita aqui.



Faixa de preço: $$$ (buffet de almoço** e sobremesa, por pessoa)

*Dona Lonka, uma referência da cozinha judaica no Brasil, faleceu no último final semana. O comando do restaurante está agora nas mãos de sua filha, Betty.
**Na última vez que almocei no Z-Deli, me deliciei com a terrine de fígado, a salada de pepino com iogurte, guefilte fish (com Chrein) e varenike.

Postado por Nina Moori.

Comentários

BethChocolates disse…
Toda vez que vou a SP é impossível não ir ao Z-Deli porque sou filha de pai esquenazi e mãe sefaradi e essa torta lembra muito a que a minha avó paterna faz ! Adoro os varenikes !
Em breve vou dar um passei e matar as saudades! Sucesso sempre
Beth

Rio de Janeiro
Fernando disse…
Dona Lonka merece todas as homenagens possíveis. Um amor de pessoa. Perdi a conta das vezes que fui almoçar na Z-Deli e ela não deixava eu comer pouco, dizia que eu tinha que comer bem, que tudo estava ótimo. Posso ouvir sua voz rouca, colocando mais e mais comida no meu prato. Que ela tenha um descanso merecido.
Silvia - BH disse…
Nina,

Conheci o Z-Deli há uns vinte anos e nunca o esqueci. Mas passei a ir pouco a SP e não tive oportunidade de lá retornar. Um dia, por acaso, li matéria que se referia à casa, onde o joranlista do New York Times esteve, e claro, gostou muito do local. Achei o máximo! Há uns três anos, num fim de semana rápido em SP insisti e levei minha mãe para almoçar lá na al. Lorena perto do hotel em que estávamos. Como ela gostou! Apesar de ter viajado por muitos países, nunca provara a comida judaica.

Não sei bem quem era esta senhora, na época lembro-me de três senhoras lá. Mas da acolhida não me esqueço.
cronicas gulosas disse…
O cheese cake do Z-Deli é o melhor que já comi em toda minha vida - e experimentei em inúmeros lugares. Assim como o pudim de claras com nozes, pecaminoso de tão bom. Devo boa parte de minha circunferência abdominal à cozinha das meninas do Z.Deli...
Silvia - BH disse…
O que significa deli? Abreviação de delikatessen? E o que caracteriza um deli? O acento, se tivesse, seria na primeira sílaba, déli com "e" aberto?
Já pesquisei uma vez mas não devo ter obtido resposta.
Gourmandise disse…
Deli é a abreviação de delikatessen, que por sua vez deriva do alemão (delicadezas). São casas que vendem alimentos gourmets, pratos especiais, queijos, embutidos e muitos alimentos importados. É um termo utilizado como sinônimo de empório gourmet.
Nos EUA, o termo deli também é utilizado para designar pequenos restaurantes que servem pratos rápidos judaicos.

bjo,
N.
Anônimo disse…
Você escreve como se fosse dona da verdade.
Minha mulher faz um ótimo cheesecake (mais firme e com 1 dedo de meio de altura) e com calda de chocolate.
Gourmandise disse…
Não sou dona da verdade, só transmito meu pouquíssimo conhecimento sobre gastronomia para quem quiser ler.
E faço desta reportagem no NY Times as minhas palavras: http://dinersjournal.blogs.nytimes.com/2010/11/05/the-bakers-apprentice-cheesecake/

N.
Silvia - BH disse…
Nina , estive ontem no Z Deli Sanduiches, na Haddok Lobo mil e trezentos e alguam coisa, e pedi o chese cake com calda de morangos azedos. Que delicia!!! Bem alto , pouco doce, morangos pareciam frescos.
Os sanduiches execelentes, preço caro.
Gourmandise disse…
Silvia, acredita que o cheesecake da falecida dona Lonka era muito melhor que o do Z Deli sanduba? Pena que os sanduíches sãi caros, o local é pequeno e não tem banheiro, né?
bjo,
N.

Postagens mais visitadas