Queijo cremoso de kefir

Às vezes, fico um pouco cansada com a baixa qualidade de determinados alimentos vendidos neste grande mercado brasileiro. Cream cheese é um deles. O sabor e a textura não são os mesmos há anos. Sinto a presença de algum tipo de goma-espessante no lugar daquela drenagem que concede textura delicada e cremosa naturalmente. E o sabor? Ainda não consegui definir qual é o sabor dos cream cheeses industriais disponíveis. Só sei que é estranho.
Depois que li no La Cucinetta sobre a sua produção caseira de cream cheese percebi que não estou sozinha. Ela também nota as diferenças e explica passo a passo como confecciona o seu cream cheese homemade.
Eu já havia feito um tipo de queijo cremoso com iogurte caseiro através do leite integral. Agora testei com kefir. O resultado?


Fantástico! Ficou super cremoso e com pouco traço da acidez típica do kefir. Acredito que o excesso da acidez tenha depositado no soro drenado.
Testei apenas uma pequena quantidade, fiz kefir como de costume com 800ml de leite integral orgânico. Depois drenei com uma mousseline (um tipo de pano bem fino, próprio para fazer queijo em casa).
Na próxima vez, farei uma quantidade maior para obter queijo cremoso suficiente para um belo Cheesecake (daquele tradicional, assado).
O soro drenado não foi descartado. Congelei para usar em bolos e pães futuramente.
Comemos este queijo cremoso quase-um-cream cheese-caseiro sobre fatias de pão preto (Demeter), polvilhando um pouco de flor de sal. Deve ficar interessante se temperar com um pouco de sal, pimenta moída na hora e ervas frescas.


Postado por Nina Moori.

Comentários

Pat Feldman disse…
Nina, eu faço muito esse tipo de queijo em casa, sempretemperado com sal e gotinhas de azeite e às vezes com outros temperinhos e ervas.
Misturar uma peqeuna porção de creme de leite fresco, para quem achar o sabor muito ácido, suaviza.

O soro você usa para o que já falou no texto e pode usar também, 1 a 3 colheres de sopa, na água em que deixar de molho o seu feijão, arroz integral ou qualquer outro grão, antes de cozinhá-los. Vai notar que o resultado final ficará muito mais leve e sem alteração alguma do gosto.
Clara Edwiges disse…
Eu também faço muito, bem parecido com o da Pat. Normalmente uso azeite, alguma erva, sal e às vezes uma noz picada.
Caio disse…
Gostei,Gostei!!! Será q seus alunos serviram de inspiração??

É legal que podemos tempera-lo como quiser..me divirto!
clau disse…
Este é um bom uso para o kefir em excesso, que as vzs escapa.
A Neide Rigo la do "Come-se", bons tempos atras, ja tinha falado sobre as possibilidades do uso do kefir.
Gostei de saber poder usar o soro, tb: valeu!
Bjs!
Joana G. disse…
testei um parecido... receita da patricia do technicolor kitchen...
dois potes de iogurte do tipo grego, sal... 24h numa peneirinha (usei coador com 3 filtros de papel)...
ela faz queneles e coloca no azeite com ervas (tipo labne)... eu parei no primeiro passo.
Raquel Silvino disse…
Bom,Nina quantos dias você deixou para fazer este queijo? preciso fazer para mostrar para a Marina, pois o primeiro que tentamos não deu certo, também estou á procura de leite de vaca original para meu keffir multiplicar logo, gostei do cream cheese,vamos á luta pelo natural.
beijos,Raquel.
Gourmandise disse…
Pat,
Vou lembrar de usar no próximo feijão.

Clara,
Acho que usarei um pouco de noz moscada neste "uqiejo cremsoso" para misturar com alguma pasta para o almoço.

Caio,
Não é a primeira vez que faço queijo cremoso em casa. Esqueci de consumir o keffir e quando percebi havia uma quantidade grande demais e a textura estava semi talhada. Aproveitei para drenar.

Clau,
Vou procurar no blog da Neide sobre as dicas para o keffir.

Joana,
Iogurte grego pronto é praticamente impossível encontrar no Brasil. Temos apenas duas casas em São Paulo que servem a cozinha grega.

Raquel,
Primeiro fiz o keffir (lembre-se de lavar muito bem em água corrente antes de misturar ao leite) em temperatura ambiente (24h). Como o clima esfriou, achei que não precisaria deixar na geladeira. Usei leite integral orgânico. Mas na falta, use leite integral tipo A.
Depois deixei drenando por 24h com mousseline e peneira na geladeira. Amarrei o pano em torno do keffir, formando uma bola e pendurei em uma colher de pau para terminar de escorrer. Caso tenha dúvida, clique no link do La Cucinetta.

bjos,
N.

Postagens mais visitadas