Aussie bread (Pão Australiano II)

Lá em 2007, a receita de Pão australiano postada aqui no Gourmandise era bem simples e rápida (confeccionada com o método direto).
Seguindo a linha do "para quê simplificar se podemos complicar?", desta vez fiz o Pão Australiano (Aussie Bread) com três etapas de fermentação. E qual a diferença? Ganha-se intensidade no sabor e complexidade de aromas.

Pão australiano (Aussie bread):
(dois pães - 100% = 145g)
Etapa 1:
48,2% de farinha de trigo
6,8% de de farinha de glúten
0,68% de fermento biológico seco
0,68% de sal marinho
27,5% de água filtrada
Misture tudo e trabalhe até ficar lisa e elástica. Cubra e deixe repousar por 12 horas.

Etapa 2:
96,5% de farinha de trigo
68,9% de farinha de trigo integral
6,8% de farinha de glúten
13,7% de cacau em pó
2% de fermento biológico seco
100% de água filtrada
10,3% de açúcar mascavo
34,4% de melado de cana
3,4% de sal marinho
Peneire as três farinhas juntas com o cacau. Faça uma cova e una a mistura anterior. Adicione o fermento biológico, o mascavo e o melado de cana. Acrescente a água, aos poucos, trabalhando a massa. Una o sal e sove para incorporar. A massa deve ficar lisa e eslástica.
Disponha em bowl, cubra com filme plástico e deixe crescer por 2h30 ou dobrar de volume (depende do clima).
Modele dois pães (abrindo a massa sobre bancada e enrolando como rocambole).
Deixe crescer em placa untada e polvilhada (ou em forma para pão) até dobrar de volume (cubra com pano limpo e seco).
Polvilhe fubá e dê cortes com bisturi para pão.
Asse à 180ºC por 25-30 minutos.
Esfrie sobre grade.


Apreciamos o Aussie bread com manteiga salgada e pâté de foie.

Prefere medir os ingredientes com colheres e xícaras medidoras? Verifique aqui a conversão.

Postado por Nina Moori.

Comentários

Adoro esse pão - vou tentar seguir sua receita no final de semana, pois só de ver a foto, fiquei com água na boca.

Uma amiga me recomendou seu blog e eu adorei - parabéns !!!
Gourmandise disse…
Oi Liliam, espero que goste do resultado. Demora um pouco mais para fazer, mas vale a pena.
Volte sempre!
abs,
N.
Sabrina Romano disse…
Nina, apesar de demorado, achei a massa fácil de ser trabalhada, e o resultado é absurdo de bom; ficamos doentes com o perfume! Obrigada por compartilhar!
Abraço, Sabrina

Postagens mais visitadas