Décima quarta harmonização virtual

Nesta edição, nós e o Le Vin au Blog, convidamos os blogs Da Cachaça pro Vinho e Diário de Baco para sugerirem o prato e o vinho da vez. O Eduardo sugeriu o Fetuccine Picante e o Alexandre, o Salton Virtude Chardonnay 2008.


Fetuccine picante:
4 tomates grandes maduros e sem pele para o purê
2 tomates cortados em cubos
500 g de fetuccine (de preferência um granno duro)
2 colheres de sopa de azeite extravirgem
uns 15 camarões graúdos limpos e sem casca
1 colher chá de pimenta calabresa em flocos
2 colheres de chá de alho amassado
1/4 xícara de tequila (uma José Cuervo cairia bem!)
2 avocados maduros e cortados em cubos (ou um abacatão qualquer)
um punhado de manjericão cortado finamente (julienne)
2 colheres de sopa de manteiga gelada.
sal
Purê: bata os 4 tomates no liquidificador (Se tiver preguiça, use purê de tomate pronto!)
Molho: Leve um frigideira grande com azeite ao fogo médio. Ponha os camarões (eu dei uma temperadinha neles com sal e pimenta do reino branca), a pimenta calabresa e deixe saltear por 2 minutos. Acrescente o alho e deixe no fogo por mais 30 segundos.
Tire a frigideira do fogo (cuidado!!), acrescente a metade dos tomates cortados e a tequila. Volte ao fogo e deixe saltear por mais 3 minutos, mexendo sempre.
Acrescente metade do avocado e do manjericão. Reserve o camarão.
Volte a frigideira ao fogo e junte o purê de tomate ao molho. Deixe ferver e espere apurar.
Adicione a manteiga e quando ela derreter, junte o restante do tomate, do avocado e do manjericão. Acerte o sal .
Faça a massa conforme as instruções do fabricante.
Misture a massa ao molho, junte os camarões e sirva!


Achamos o vinho Salton Virtude Chardonnay 2008 um pouco "carregado" no carvalho. Na entrada de boca, ainda se nota a fruta (abacaxi), porém no meio de boca e todo o retro ficam dominados pelas notas lácteas (iogurte) e de baunilha. A acidez, embora aparentemente adequada, também foi ofuscada pelos excessos de notas adocicadas (baunilha, abacaxi em calda e iogurte com mel).
Particularmente, gostamos muito da picância do Fetuccine (instigante). A combinação do camarão com o abacate, tomate e pimenta, um mix clássico mexicano, ficou bem equilibrada.
Na harmonização, achamos que tanto o molho, quanto o camarão, não conseguiram acompanhar o peso do vinho. Já no abacate, tivemos uma boa surpresa, não só pelo equilíbrio entre as duas texturas, mas também pela união de aromas (o aroma da fruta foi ressaltado combinando bem com os aromas de baunilha da bebida).

Faixa de preço do vinho: $$$

Postado por Marcel Miwa e Nina Moori.

Comentários

Le Vin au Blog disse…
Oi Nina e Marcel,

Acho que fomos provar o vinho já esperando muita madeira que quando degustamos nem achamos tanta madeira assim... Algo deu errado no nosso prato e a harmonização ficou muito comprometida. O vinho reagiu mal com a pimenta.

Vamos partir para a próxima,

Abs.,
Eduardo Luz disse…
Nina e Marcel, não consegui achar o vinho, o Chardonnay. Vou tentar fazer esta harmonização no final de semana.
Mas fiz a minha com um Torrontés e ficou excelente.
Grato pelo convite e folgo por vocês terem gostado da receita.
Quanto ao Le Vin ( já comentei lá), trocar a tequila pelo rum foi um pecado capital!! rsrs
Abs.
E se trocar por Vodka? rsss..

acabamos de postar nossas impressões, mas não foi tão bem assim como imaginávamos.

abs!
Alexandre
A DONA DO MUNDO disse…
SE TAVA BOM EU NÃO SEI NÉ, MAS QUE DEU INVEJA (BOA) DE EXPERIMENTAR, ISSO DEU
BOM FINAL DE SEMANA E UM BEIJINHO
Anônimo disse…
O vinho pode não ter sido o ideal, mas o fetuccine pareceu bastante apetitoso :) Vamos marcar fazer uma nova harmonização? Consigo camarões baianos para acompanhar o vinho que vcs quiserem :)
Bjs, Fabi

Postagens mais visitadas