Expovinis 2008


O primeiro dia dessas feiras é sempre mais calmo, com expositores mais receptivos e estandes intactos.
Fomos bem atendidos em muitos estandes, já em outros parecia que precisávamos de senha ou um belo nome no crachá.





Várias palestras e degustações estão ocorrendo paralelamente à feira.


Participamos de uma degustação sobre Douros, Portos e Queijos (Serra da Estrela) ministrada por José Ivan Santos (Senac) e José Carlos Pessoa (Casa dos Queijos).
Vinhos do Douro:
Vidigal 2005: cravo, ameixa, tanino fino e boa acidez.
Evel 2004 tinto: madeira, frutados, ainda um pouco fechado, acidez ok, tanino macio e toque empireumático.
Vinhos do Porto:
Porto Seguro - Ruby: frutado, casca de laranja cristalizada.
Tawny - Real Cia Velha (Fundador): um pouco fechado, mel e amêndoas.
Vista Alegre LBV 2000: não filtrado, lágrimas densas, tanino interessante.
Vista Alegre 10 Anos: evoluído e muito mel.
O Marcel achou que as torradinhas com queijo Serra da Estrela harmonizaram melhor com o Tawny eu preferi com o 10 Anos.


Participei de uma palestra sobre Espumentes e Cigarrilhas, ministrada pela epicure sommelière Fernanda Ayoub (Lenat) e dirigida apenas ao público feminino.
A degustação começou com uma explanação sobre as diferenças entre Charuto e Cigarrilha e entre Prosecco, Cava e Champagne.
Harmonizações:

Prosecco Villa Fabrizia com cigarrilha Angelina: harmonizou bem, criando a sensação de doçura, toque de flor, cremosidade. Em termos de harmonização foi a melhor.

Cava Don Román Brut e cigarrilha Café Creme (amarela): o corpo do Cava acompanhou a picância da cigarrilha.

Champagne Deutz Brut Classic com cigarrilha Cohiba: ótima combinação, a acidez e a perlage do champagne equilibraram com a cigarrilha. Sou suspeita para falar sobre esta harmonização porque é a minha cigarrilha preferida.

Postado por Marcl Miwa e Nina Moori.

Comentários

goles & nacos disse…
pura elegância!
xD

beijinhos!

Postagens mais visitadas