Décima nona harmonização virtual

Depois de uma longa temporada sem as nossas harmonizações virtuais, retomamos agora na décima nona com uma salada e um vinho branco.
A Rafaela e o Claudio do Le Vin au Blog sugeriram o Muscadet Sélection des Cognettes 2008 e nós a Salada de folhas com lula recheada.
Este Muscadet se destacou pelo nível de acidez, extrema. Um vinho para dias quentes, com notas cítricas, de melão e pedra calcária.




Salada de folhas com lula recheada:
(4 pessoas)
1 maço de alface lisa higienizada
1 maço de alface mimosa higienizada
1 maço de alface frisée higienizada
1 maço de rúcula higienizada
½ maço de hortelã fresca higienizada (apenas as folhas)
12 lulas pequenas limpas e inteiras*
1 dente de alho picado
2 cebolas brunoise
12 tomates maduros concassé brunoise
Sal e pimenta do reino preta
Azeite
Suco de limão
Refogue duas cebolas e um dente de alho brunoise com um pouco de azeite. Una doze tomates concassés. Cozinhe em fogo baixo até reduzir (apurar como um molho grosso). Acrescente os tentáculos de doze lulas picados grosseiramente. Não cozinhe em excesso para evitar endurecimento da lula. Tempere com sal e pimenta (não corrija a acidez). Esfrie.
Enquanto isso, prepare o molho da salada: bata o suco de limão (1/5) com azeite (4/5) com fouet até emulsificar (ficar homogêneo). Se achar muito forte, una um fio de água e bata para incorporar.Tempere com sal e pimenta. Gele.
Recheie doze lulas limpas e inteiras com a mistura de cebola, tomate e tentáculo. Feche as lulas utilizando dois palitos ou costure com material apropriado. Tempere com sal.
Distribua as folhas de um maço de alface lisa, um de alface mimoca, um de alface frisée, um de rúcula higienizados com meio maço de hortelã entre os pratos de maneira harmônica. Reserve.
Grelhe as lulas recheadas com frigideira antiaderente com pouco azeite. Divida entre os pratos e sirva imediatamente regando as folhas com o molho.

*Infelizmente não encontramos as mini lulas para executar a harmonização (utilizamos uma lula para cada comensal).


Quando provamos a salada com o vinho, a sensação final foi agradável. Ao invés da tradicional harmonização, onde o prato e o vinho se complementam e são valorizados, aqui o efeito foi de limpar o paladar. Algo que não foi desagradável e, considerando um dia quente da primavera, tornou a refeição leve e refrescante.

Postado por Marcel Miwa e Nina Moori.

Comentários

Le Vin au Blog disse…
Publicamos a nossa lá no blog agora!

As lulas ficaram parecidas. :)

Beijo,
Rafaela
Muito obrigado!
Aqui vc encontrará o vinho branco francês Sélection des Cognettes 2008 da cave Jado.
Abs!

Postagens mais visitadas