Chopp do Miguel

O Marcel perguntou aonde eu gostaria de almoçar naquele sábado. Respondi que preferia comer em algum lugar diferente. Lembrei-me que fazia tempo (anos) que não íamos ao Chopp do Miguel. Poderíamos almoçar um Beef Tartar num local tranquilo.

Nos sentamos em uma das mesas na varanda daquele bar-restaurante em Moema. Enquanto aguardávamos o prato, pedimos um chopp.


Assim que o nosso Beef Tartar chegou para ser finalizado à mesa pelo garçon, escutamos algo muito desagradável:
pai da família na mesa ao lado que apontava o dedo para nossa mesa: mais alguém ficou enjoado?
filhos do pai: risos
mulher do pai : constrangimento
garçon que finalizava o nosso prato: constrangimento
Marcel e eu: ?!

Apreciar ou não carne crua não é nenhum problema. A questão é educação.
Não fiquei indignada. Só fiquei muito triste com a falta de educação que aquelas crianças recebem de seus genitores. Lastimável.



E o beef tartar? Estava delicioso, exatamente como me lembrava...


Postado por Nina Moori.

Comentários

Aline disse…
lastimável mesmo.

é por essas e outras que a cada dia que passa as pessoas comem pior. o pai não deu nem a oportunidade dos filhos provarem e formarem uma opinião.

ps: me deu água da boca, rs.
EM! disse…
Pior de tudo Nina é a falta de educação vai durar mais uma geração!

bj
Rogério disse…
Oi Nina, td bem?

Tou em Paris por 3 dias e aproveitei que aqui o blogspot funciona para passar e dar um abraço...

Infelizmente nesta vez, nada de poder desfrutar das delícias desta cidade. Tudo em greve por aqui!

Bjo
Rogério
Gourmandise disse…
Aline,
Alguns pais não compreendem como o comportamento deles afeta na formação do caráter dos filhos.

EM!,
Criar filhos não deve ser nada fácil, mas não justifica a falta de educação.

Rogério,
Que pena! Ir até uma das capitais gastronômicas mundiais e não conseguir desfrutar...

bjos,
N.
Mauricio disse…
O chopp do miguel é mto bom msm, já a educação das pessoas em geral...e como bem disse, o exemplo do vem dos pais.
Denise Cardoso disse…
Que pena,esse homem das cavernas não deve saber apreciar um bom beef tatar,um maravilhoso quibe cru (a mãe da minha cunhada é mestra na confecção deste prato).E comida japonesa,será que esse monstro já provou?
Quando eramos crianças,meus pais nos faziam provar de tudo,todas as verduras( inclusive as mais amargas )carnes,peixes,e todos os frutos do mar( só não consegui gostar de ostras,infelizmente).Essas crianças provavelmente vão ser criadas na base de batata frita e coca cola.....exemplo dos pais!
Bem o importante é que parece que o Bar do Miguel continua muito bom.Hoje não mais, mas já fui frequentadora assidua deste querido bar,onde os pasteizinhos de queijo ainda são os meus preferidos.
Um abraço
Denise
Gourmandise disse…
Mauricio e Denise,
Imaginem só que triste quando os pais percebem que já é tarde demais para repararem o estrago feito na educação dos filhos?

abs,
N.
jackson disse…
OLÁ PESSOAL SOU FILHO DE UM DOS PROPRIETARIOS DO CHOPP DO MIGUEL AGRADEÇO TDS ELOGIOS AKI POSTADOS
É REALMENTE ESSE PRATO EH VISTO E INOJADO POR MUITO.EU MSMO ADORUU BEFF TARTAR CONVIDO A TODOSVOCES PARA CONHEÇER O CHOPP DO MIGUEL EM SALVADOR.BA
Beatriz disse…
Realmente é lamentável tal atitude do pai. Quando vou comer fora, e gosto muito, garçons e proprietários que circulam pelas mesas e dão atenção aos seus clientes, elogiam minha filhota de 12 anos, que prova de tudo um pouco. Ensinei isto a ela porque não gosto de criança enjoada para comer. Não fui criada assim. E, como gosto de viajar, não quero "frescurites".

Um dia, este pai perceberá o erro que cometeu,os filhos terão que trabalhar e, provavelmente, participarão de almoços em restaurantes e com pratos já pré-estabelecidos e não poderão fazer feio. Falo isto porque tenho um primo que cresceu só querendo comer arroz, feijão e carne moída. Eu o avisei que um dia ele teria que mudar os hábitos alimentares. E... aconteceu o que eu disse. Foi trabalhar em empresas japonesas, cujos diretores frequentam muito os restaurantes japoneses. De início foi horrível para ele, hoje já come de tudo. Deixa estar.
Anônimo disse…
Essas são as crianças que se tornam adolecentes e sofrem constrangimentos devido ao comportamento egoista. O pior é que este pai morrerá sem compreender porque seus filhos serão excluidos socialmente.

Maria Paula
Catarine Heiter disse…
Nòs visitamos a unidade de Salvador e adoramos! Em breve publicaremos o post!

www.mastigandoemsalvador.blogspot.com

Postagens mais visitadas