quarta-feira, 14 de abril de 2010

Pequi ou Piqui

Ontem eu estava com uma dúvida. Será que eu gosto de pequi?
Lembro que na faculdade (no módulo de Cozinha Brasileira), preparamos Arroz de pequi e recordo que achei suave, delicado.
Anos depois provei o Arroz em um restaurante e definitivamente o sabor oleoso não me agradou.
Uma aluna (F.) trouxe Doce de leite e Licor de Goiás, ambos com pequi. Adorei.


Talvez eu aprecie a delicadeza do uso do pequi (ou piqui para os íntimos) nos alimentos. É o mesmo que acontece com a folha do coentro, o uso exagerado faz meu paladar não distinguir o peixe do tomate e do coentro.

Postado por Nina Moori.

5 comentários:

Anônimo disse...

oi NIna,estou a bisbilhotar seu blog, me deparei com o piqui, sou de Pirenópolis,comi muito pequi com arroz e frango,mais agora tem pequi de todo jeito,não sei ele tem um sabor muito forte,deu certo com doce de leite,pois estou indo em Goias por estes dia e vou experimentar la é a terra dos doces, e das pamonhas, não tem igual. beijos (diu)adorei oblog,bem diversificado.

Ray disse...

Nina, vc n come só “pequi” ou “piqui” como tbm come: piquiá-bravo, amendoa de espinhos, grão de cavalo, pequiá, pequiá-pedra, pequerim,suarim e piquiá.
Muitos nomes pra uma fruta só. È bom q dar pra escolher o q comer. Tem nome pra senama toda rsrsr.
Gente, n tem jeito msm com tantos nomes, essa frutas, n me agrada.
Ela é ruim, fedida, tem akeles espinhos horrosos dentro...
Se contar o tal do óleo de pequi q certamente cura gripe mais é medonho d tão ruim.
Só depois de grande eu descobrir q pequi deixa uma cachaça deliciosa rsrrsrs Tarde d+ o tal do óleo já tnha feito o estrago necessário em mim.
Eu q já n gostava da fruta (depois do óleo) passei a ter pavor de tudo q tem pequi junto.

Bjossss!
Ray

Vitor Hugo disse...

"suave, delicado"?! Mas, hein? hahahah Era pequi in natura?

Particularmente, eu gosto. Mas prefiro o sorvete, combinou muito bem! O licor também…

Gourmandise disse...

Usamos o pequi em conserva de óleo e adicionamos ao arroz de forma moderada. Talvez seja a melhor maneira de gostar de pequi: uso moderado.

bjo,
N.

Silvia A disse...

Eu gosto e aprecio o em muitos preparos. Ontem, Nina, comprei um bolo de pequi caseiro saído do forno. Muito bom! Este estava suave. Lembrei-me de seus bolos, por isto vim contar-lhe.

Quem não gosta de pequi, mal suporta o cheiro à distância. Pra quem gosta, o endereço é Goiás e em Minas, Montes Claros. mas outro dia na Borracharia Gastrobpub comemos uma deliciosa galinahda com pequi.