Limonn - Restaurant Week Inverno 2009

O evento Restaurant Week Inverno 2009 é uma interessante oportunidade para conhecer aqueles restaurantes caros que não fazem parte da nossa rotina.
Como nas edições anteriores, haverá muita fila, poucas surpresas e algumas desilusões.
Na hora de escolher entre tantas opções de restaurantes, optei por aqueles que eu ainda não conhecia. Aconselho entrar em contato com os estabelecimentos e reservar.
Neste semestre, comecei pelo menu de almoço (R$27,50) no Limonn.

Entrada: Salada Caesar com crispy de frango - correta e simples

Prato principal: Poulet au champanhe com taglierini ao molho de parmesão - cocção correta do frango, mas a pasta estava cozida além do ponto (arrebentava ao tentar garfar) e o parmesão do molho estava muito discreto (lembrava um Béchamel). Ainda me incomodo com o uso do termo "champanhe" (tudo bem que não me esforço nem um pouco para mudar), prefiro a elegância (ou humildade!?) do termo "espumante" quando a bebida utilizada é um vinho espumante nacional ou de qualquer parte do mundo (Champagne só deve ser assim denominado quando produzido em Champagne).

Waffle com mousse de chocolate - simpático, com menos açúcar na mousse, ficaria mais equilibrado.

O serviço da brigada de salão estava correto e eficiente. O "cofrinho" para a contribuição social (Ação Criança) foi levado à mesa junto com a conta.

Postado por Nina Moori.

Comentários

hterada disse…
Oi Nina !
É o terada, amigo da Anita.

Thanks pelo report do Limonn.
Vou tentar ir em alguns, Porto Rub e Antiquarius ... se der td certo

Bjs
Anônimo disse…
O uso da palavra champanhe é uma invenção abrasileirada infeliz. Praticamente atesta a preguiça mental de alguns produtores de vinhos espumantes, do mercado de vinhos e dos consumidores.
Eduardo Luz disse…
Quer dizer, não foi nada de excepcional !!
Vou esperar mais um pouco, mas acho incrível como a maioria dos restaurantes entram na Restaurante Week como se fosse um fardo !!
Abs
Mario Netto ( ex- Mario ) disse…
Só uma complementação , pois o sentido da sua explicação pode dar dúvidas de interpretação aos menos familiarizados: Na região de Champagne SÓ é permitida a vinificação pelo método Tradicional.Não existe Champagne vinificado pelo método Charmat.
Gourmandise disse…
Oi Terada,
Tente reservar antes. As casas estão lotando.

Anônimo,
Acho que não podemos generalizar. Boa parte do público consome e nomeia desta forma por falta de informação.

Eduardo,
Eles esquecem que é uma forma até que barata de publicidade e uma ótima oportunidade de saber se a brigada de cozinha e salão trabalham bem sob pressão.

Mario,
Bem colocado. Já corrigi. Me expressei de maneira errada, algumas pessoas acham que quando é produzido com o método Champenoise já basta para ser Champagne.

abs,
N.

Postagens mais visitadas