Eau French Grill - Restaurant Week Inverno 2009

O Eau French Grill é único restaurante, até o momento, no SPRW Inverno 2009, que escolhemos para jantar. Inclui na minha pequena peregrinação porque apesar de longe de casa, acreditei que valeria a pena.
O menu de jantar (R$39,00) do evento era composto por:

Entradas: La soupe de légumes biologiques (Sopa orgânica de vegetais, croutons e azeite de trufa orgânica) - o sabor estava melhor que a foto, gostei do toque de azeite trufado (ultimamente alguns restaurantes têm abusado no uso deste ingrediente, tornando-o enjoativo).
Notre “B.L.T.” (Alface americana, ovo de codorna, Serrano ibérico, abacate, tomate confitado e ervas) - correta, mas poderia ser mais temperada.


Pratos principais: L’entrecôte de bœuf (Bife de ancho de Red Angus grelhado) - interessante o aroma quase defumado/grelhado da carne.
La légine croustillante (Namorado crocante com soubise de alho poró crispy) - apesar deste peixe não ser um dos meus preferidos, concordo que estava excelente.


Sobremesas: Choc “Eau” (Bolo cremoso de chocolate com praliné de chocolate) - achei delicada a combinação entre três texturas no bolo de chocolate e o sorvete de café.
La figue violette (Gratin de figo roxo e pomelo com pistache e sorbet de iogurte) - uma sobremesa diferente, a apresentação poderia ser mais atraente. Achei o pomelo um pouco deslocado no doce.


O serviço no Grand Hyatt é sempre impecável. A música ambiente estava um pouco alta, remetendo alguns "restaurantes-baladas" de São Paulo. O "cofrinho" para doação opcional do evento (R$1,00) estava disposto próximo da saída dos restaurantes (acredito que o hotel tenha recebido apenas um cofrinho para os três restaurantes).

Postado por Nina Moori.

Comentários

Anônimo disse…
Hoje vocês vão almoçar aonde?
Gourmandise disse…
Hoje é dia de descansar. Sem SPRW.

bjo,
N.
Anônimo disse…
Tentei reservar para sábado à noite, mas já estava lotado.
Anônimo disse…
Não compreendi a mudança do nome do Eau. Será que o restaurante andava meio vazio e tentaram alterar algumas coisas para mudar/resgatar o movimento?
Anônimo disse…
Eu tive esta sensação na última vez que jantei no Kinu. Aliás eu não apreciei a cozinha do Kanashiro. Prefiro o chef japonês antigo (não lembro o nome). Não entendi porque ele foi embora.
Gourmandise disse…
Não sei como estava o movimento deste restaurante sem o SPRW. O Marcel até comentou que era estranho um restaurante francês usar um termo tão americano no próprio nome. (Quase) sem identidade.

O chef Yasuo Asai era muito melhor. Mais critério e menos invencionice (criação exagerada modernosa). Acho que o Hyatt, assim como as grandes redes de hotéis, preferem que seus melhores profissionais alternem de país após 4-5 anos.

abs,
N.

Postagens mais visitadas