Sub Astor

Sou fã assumida de Martini.
Prefiro o clássico Dry Martini, mas nada que me impeça de experimentar suas variações. O bar Astor está entre as casas que gostamos de frequentar - bom chopp, boa comida e bons drinks (já os vinhos são carésimos). Um tempo atrás, observamos que o andar inferior da casa estava em reforma e, abrigaria um novo bar do grupo, o Sub Astor (R. Delfina, 163).


O ambiente super escuro, com música alta (a seleção musical era interessante) me lembrou a época de faculdade. Pode ser a idade anunciando a sua chegada (aos poucos, por favor), mas esta aura de "balada" não me traz saudades. Indo ao que interessa, escolhemos os nossos "Martinis":

Apple white lady - um Martini doce

Earl Grey Martini - toque discreto da infusão e predominância do twist de limão

Martini - clássico bem executado (seco, como deve ser)

White lady - não consta do Menu, mas vale a pena (gin, toque de Cointreau e suco de limão siciliano)

Faixa de preço: $$$$$ (quatro Martinis, com serviço)

P.S. Acrescentado em 02.10.09: cuidem muito bem dos seus carros quando deixarem no valet do Astor/Subastor. Hoje percebi que meu carro estava com o rádio sintonizado em outra estação, o piloto automático estva ativado e o combustível nitidamente mais baixo. Não havia deixado o carro no valet deles nestas condições. Melhor de taxi ou deixar carro na rua?

Postado por Nina Moori.

Comentários

Fabrícia disse…
Nina também adoro Martini ... tão bom ...
Bjs.
Anônimo disse…
Meio caro, né?
Gourmandise disse…
Sim. Não é um programa diário. O preço e a alta ingestão de destilados impedem.

abs,
N.

Postagens mais visitadas