Saj

A primeira vez que tentamos conhecer este restaurante especializando em cozinha libanesa, a fila de espera girava em torno dos quarenta minutos. Desta vez, conseguimos um espaço no balcão.
Para beber, sucos de Tamarindo (com água de flor) e Damasco, que estavam bons, mas com o preço um pouco elevado.

Pedimos Linguiça árabe (saborosa), Esfiha fechada de escarola (boa) e folhada de carne (a carne estava saborosa, mas a massa estava pouco folhada), salada Fatouche (nitidamente murcha - tivemos a impressão que estava temperada há muito tempo) e Chacrie (cinco, somente cinco pedaços de fraldinha cozidos em muita coalhada acompanhado por arroz Cherry - o macarrão estava mole demais, nem parecia ser frito). A cozinha e o salão não possuem timming. Todos os pratos chegaram ao mesmo tempo à mesa. Prefiro que as entradas e pratos principais cheguem juntos à mesa somente quando o cliente pedir. Nesses momentos está claro a importância de um bom maître.





Faixa de preço: $$ (por pessoa)

Postado por Nina Moori.

Comentários

Luciana B. disse…
Oi Nina! Coincidência, na última vez em que estive em São Paulo fui ao Saj. Gostei, principalmente das esfihas que achei muito boas. Mas, de fato, o garçom disse que o chacrie e o arroz cherry eram suficientes para duas pessoas e não foram!! Tivemos que pedir mais um cherie que demorou muuuito para chegar. É bom, mas precisa melhorar o timing.
Bonsdegarfo disse…
Fiquei sem vontade conhecer... timing é fundamental! E saber que o 'para dois' é contável acho lamentável.

Postagens mais visitadas