Restaurant Week - parte I

Nesta quarta edição do São Paulo Restaurante Week (que ocorreu entre os dias 02 e 15 de março de 2009) visitamos onze casas: Lola Bistrot, Marcel Restaurant, Thai Gardens, Lê Petit Trou, Sal Gastronomia, Espaço Tambiú, AK Delicatessen, Eñe Restaurante, Casinha de Monet Bistrô, Empório Santa Maria e Odeon.
Dividiremos este tema em três publicações.

No Lola Bistrot pedimos: Salada verde com ganache de foie e azeite trufado (correto), Sobrecoxa de frango confit com molho de laranja e batata provençal (bom, com quantidade generosa de guarnição), Papilote de truta com manteiga noisete (pouco peixe, manteiga e alcaparra em excesso tornaram enjoativo e as amêndoas poderiam estar sem pele) e Cesta de fromage blanc e compota de amora (apresentação e sabor simples demais, poderia estar gelado). O serviço da casa estava um pouco lento, descompassado e ligeiramente arrogante.






No Marcel Restaurant: Salada de legumes do mercado (legumes al dente), Brandade de bacalhau e palmito pupunha (pequena mas saborosa), Escalopes de filet mignon ao vinho tinto, purê de batatas e ervas (ponto da carne correto e bom purê), Ravioli de lingüiça, serralha e pignolis (um bom prato italiano em casa francesa), Creme brulée de maracujá (ótimo sabor, com boa acidez, mas o brûlée chegou mole à mesa) e Sorvete com calda de frutas vermelhas. Bom serviço, mesmo com a casa lotada. Boa qualidade geral, um restaurante que certamente voltaremos mais vezes.








No Thai Gardens: Pattani - salada de frutas com suco de limão, tamarindo e molho de peixe (prato fresco, mas as frutas poderiam ser cortadas de maneira mais delicada), Kai Sattee - finos espetos de peito de frango grelhado e marinado no leite de coco e molho de amendoim (correto), Pla Lad King - milanesa de cação salteado com gengibre, shimeji e pimentões (sabor discreto), Kai Krapão - frango moído salteado com mangericão, vagem e pimentões (leve picante), Thaï Sagu (delicado) e Kanom Wan - banana cozida com leite de côco (menos açúcar deixaria o prato mais delicado). O Menu deste ano estava melhor que o ano passado (repleto de frituras), mas notamos que o serviço não estava eficiente com a casa lotada (em alguns momentos tivemos a impressão que havíamos sido esquecidos pelos garçons). Também tivemos a impressão que alguns dos nossos pratos eram montados no Buffet (que a casa serve no almoço).








No Le Petit Trou: Salada Verde com cenoura confit à l’orange (simples demais), Galette à La Ratatouille (boa opção vegetariana), Cassoulet com frango caipira (muito bom), "Crêpe Suzette" (pequena e doce demais) e Riz au Lait Brûlée (perfeita). O serviço da casa continua bom. Particularmente acho uma gentileza servirem o sal no moulin.






Postado por Marcel Miwa e Nina Moori.

Comentários

Anônimo disse…
O Lola é uma das poucas casas aqui que funcionam como bar à vin. Talvez eles se comportem desta forma esnobe pq esperam que os clientes se comportem assim. Afinal devemos tratar os outros como gostamos de ser tratados. Este ano almocei lá e não gostei, o meu frango estava ressecado e duro.
O Marcel estava super lotado, não consegui entrar.
Não conheço este tailandês, mas acho que prefiro a outra casa que vocês já indicaram.
A crepe do Petit trou parece que está pela metade?
Estou aguardando os outros restaurantes.
abs,
Rodrigo.
Anônimo disse…
11 restaurantes? Poxa, quem me dera ter pique para esta maratona.
Gourmandise disse…
Rodrigo,
Apreciamos sentar no bar a vin deles, beber um vinho e pedir algo par beliscar.
Também tive a mesma impressão da crepe.

Anonimo,
estamos de dieta pra perder um quilinhos...rs

abs,
N.M.
Anônimo disse…
O menino Raphael saiu da fase altiva? Lembra quando eu estava trabalhando naquele hotel e meu chef pediu para explicar o que era um Ratatouille aos funcionários da cozinha? O garoto esnobou-me por não saber quem era ele...

bjos
Gourmandise disse…
rsrsrsrsrs....lembrei desta história ao ler sobre o restaurante Marcel em um blog dias desses...
Realmente não sei, mas que a cozinha do Marcel deu uma revigorada, ah deu.
bjos,
N.
Anônimo disse…
Eu vou reservar alguns restaurantes paara este evento. Já risquei o AK e o Lola.

obrigado pelas dicas.
Gourmandise disse…
O Ak é um restaurante bonito, mas prefiro a coinha judaica de outros mais tradicionais. A chef é um simpática restauranter.
O Lola tem um dos raros bistrots à vin da cidade, com bons vinhos e bons petiscos (apesar de caros).

abs,
N.

Postagens mais visitadas