Taylor’s Vintage Quinta de Vargellas 1986

Um dos mais valorizados produtores de Vinho do Porto. Com mais de 300 anos de tradição, pertencente à mesma família desde sua fundação.
Foi pioneiro na produção de Porto branco seco (1934), Single Quinta Vintage (1958) e LBV (1970), a grosso modo, simplesmente criou três estilos de Vinho do Porto!



Tem a percentagem mais alta de vinhas velhas do que qualquer outra Quinta do Douro, tendo 60% mais de 75 anos.

Touriga Nacional 25%
Touriga Francesa 25%
Tinta Roriz 22%
Tinta Cão 6%
Tinta Barroca 7%
Tinta Amarela 5%
Rufete 2%
Outras Variedades 8%


Nosso amigo Alê achou que o vinho já havia passado de seu apse. Como não havia provado nenhum Vintage da Taylors não tenho referência para opinar. Mas ainda assim fiquei impressionado com a ótima acidez e os aromas de frutas frescas, nada de sobrematuração ou violetas em excesso.

Postado por Marcel Miwa e Nina Moori.

Comentários

EU MULHER disse…
Tenho sentido muita saudade das medialunas e também do sorvete Freddo. O café de Buenos Aires é terrível, eu não achei fraco e sim com gosto de queimado. Penso que os argentinos não gostam muito de sal, pois sempre precisava colocar sal nas comidinhas. Percebi que eles gostam mesmo é de coisinhas doces.


Beijos e gostei muito do post.

Postagens mais visitadas