Com ou sem colarinho

Colarinho do chopp: alto, curto, inexistente...
No mínimo um tema para uma longa conversa.
Li no caderno Metrópole (jornal O Estado de São Paulo) sobre a história de um bar, em Blumenau, que foi multado pelo Inmetro. Parece que a casa descrevia no menu que o volume total do chopp era composto por líquido e espuma.
Cada um gosta que seu chopp chegue à mesa de uma forma diferente – muitas casas/bares são famosas por servir um colarinho altíssimo (e nem por isso vendem pouco). Tem gosto para tudo.
Eu prefiro que o meu chopp venha com dois dedos de colarinho. Por quê? Simples: para ter cremosidade e manter o gás no copo por mais tempo.
Difícil é ficar discutindo isso enquanto a cidade de São Paulo assiste ao confronto de policiais civis e policiais militares.

Postado por Nina Moori.

Comentários

Vivian disse…
eu já prefiro o meu chopp sem colarinho algum. Que triste isso que está acontecendo em Sao Paulo. Imagino o terror de todos !!!
bom fds
bj
Eduardo Luz disse…
Parece que o bar já foi inocentado!! O juiz considerou o colarinho como parte integrante do chopp !! rs
espressa-mente! disse…
a pizzaria paulista Bráz aqui no Rio enfrenta forte resistência ao servir o chope como gostam de justificar "ao estilo de São Paulo!" que é praticamente mais da metade do copo de espuma! a sensação ao ver o copo é de estar sendo enganado! e nao adianta reclamar...
resistência similar teve o suplicy cafe ao servir o espresso no estilo italiano...30ml! em uma xicara de 80ml a visao pessimista era de "quase vazio!" entretanto, apos a repercussão negativa gerada por uma reportagem publicada em veja SP, eles resolveram servir durante algum tempo, a xícara com 40-50ml!
Gourmandise disse…
O colarinho faz parte do chopp! Isto não se discute - mas cada casa segue uma regra. O bar Léo, no centro de São Paulo serve um chopp que tem mais colarinho que líquido propriamente dito. Não me agrada (particularmente).
Simplesmente não consumo chopp nas casas que servem mais de 1/3 do copo de colarinho.
Quanto ao café - convenhamos! - café que é café de verdade, é ristretto.
Assim como o Suplicy e o Santo Grão servem. Não é feijão para colocar mais água!rsrsrsrs

bjos,
N.

Postagens mais visitadas