Rocambole de cenoura


Esta receita é daqui. Em Portugal, chamam de Torta de cenoura.

Rocambole de cenoura:
(um rocambole - 100% = 500g)
100% de cenoura assada e peneirada
70% de açúcar
40% de ovos
0,8% de fermento químico
6% de farinha de trigo
Bater os ovos com açúcar até quadruplicar de volume. Incorporar a cenoura com cuidado. Agregue a farinha de trigo previamente peneirada com o fermento. Asse em forma retangular forrada com papel manteiga no forno à 180ºC (não deixe assar em excesso ou não conseguirá enrolar). Desenforme. Polvilhe açúcar demerara e enrole como rocambole.
A textura do bolo é macia, quase cremosa!


Dúvida sobre os pesos e medidas dos ingredientes? Clique aqui.

Postado por Nina Moori.

Comentários

Laurinha disse…
Sabe que nunca fiz bolo com cenouras cozidas... me chamou a atenção!!

Beijinhos,
Ficou bem húmida, como eu gosto!
Nysa disse…
nunca ouvi falar em tarte de cenoura - mas adoro bolo de cenoura, por isso essa rocambole deve ser uma delícia :-) para mim! beijocas
Dinha disse…
Nina,
Ficou sensaciomal, este aspecto cremoso é maravilhoso!
Giovana Martini disse…
Nina,
Adoro bolos com essa textura!!
Anotei a receita!


Beijos!
Fabrícia disse…
Suave e saboroso....
Bjs.
Odete disse…
Parece bom mesmo!!
bjs
goles & nacos disse…
curiosíssima essa receita!
vivendo... e me surpreendendo!

aleluia!
xD
Gourmandise disse…
Laurinha, faço até o bolo tradicional de cenoura com elas cozidas (e frias), fica mais laranja.

Semente, ficou molhadinho sim!

Nysa, o centro do bolo fica mais úmido por causa do açúcar em contato com a crosta do bolo.

Dinha, obrigada. É bem fácil de preparar.

Giovana, estava com vontade de fazer este bolo faz tempo!

Obrigada Fabrícia e Odete! Nem gordura vai (só a das gemas).

Joana, o truque é enrolar quente!

bjos,
Nina.
Lílian disse…
E na onda dos prêmios... o Oscar vai para Nina hehe
É uma bobeira, mas meu agrado virtual vai para você.
Aliás, hoje lembrei de você. Não estou tendo tempo de me matricular em cursos, então meti as caras e fiz meu bem-casado. Amanhã irei provar...
Katia Mine disse…
Nina,
tá lindo o rocambole!
tbem vou tentar
bjos
Elvira disse…
Tenho pouco jeito para enrolar essas delícias. Admiro quem as faz. :-)

Ficou com um aspecto delicioso.

Bjs.
Nina a sua torta de cenoura ficou linda, tem um aspecto super húmido tal como eu gosto... Maravilha!

Beijinhos
Marizé disse…
Gosto muito dessa torta e desse site, visito-o muitas vezes.

Olha Nina, o nome é torta de cenoura, tarte é outra coisa é o que no Brasil é uma torta.

Torta = Rocambole
Tarte = Torta

Beijocas
risonha disse…
e estás de parabéns pois a tua torta de cenoura está linda
eu sou sempre um desastre a enrolar tortas, é raro me sairem bem
Luciana Macêdo disse…
Não sou muito de bolo de cenoura, vou experimentar o rocambole para ver como é. No visual está bastante apetitoso.
Bjs!
Gourmandise disse…
Obrigada meninas! Já corrigi o termo Torta na publicação!

bjocas,
N.
Miss Slim disse…
Faço uma muito parecida mas que leva mel :)

Bjo:)
Gourmandise disse…
Hum...com mel! Deve ficar mais saudável!
bjo,
N.
Nádia Lamas disse…
Nina, esta receita é uma delícia! Eu a conheço desde o tempo da Maria Thereza Weiss, quando ela publicava receitas em O Globo (antes do Celidônio). O melhor é que ela é parecidíssima com doce de ovos, aquele doce português que é uma bomba de colesterol, só que ela é saudável! Bjs
Valentina disse…
Oi Nina, que interessante este rocambole.
Anônimo disse…
Gostaria de saber onde vc conseguiu comprar farinha de espelta. Tenho procurado bastante, mas sem sucesso. Apreciaria a ajuda. Obrigada, Monica
Gourmandise disse…
Monica,
Nunca comprei a farinha de espelta. Já tentou na Zona Cerealista de Sâo Paulo (ex: Cerealista Helena e Empório Roots)? Em lojas de alimentos naturais como a Mundo Verde (Pinheiros, Perdizes e Moema), Flora (Lapa), Alternativa (Pinheiros) ou na Feira de orgânicos da Água Branca?

abs,
N.M.

Postagens mais visitadas