Panforte

Panforte (recebeu o nome de "pão forte" devido ao sabor spicy e a consistência firme) é um doce típico italiano da região de Toscana. Feito com amêndoas, frutas secas e especiarias (inclusive a pimenta). É comparado com o bolo de frutas, mas acho sua textura próxima do torrone (com adição de frutas!).


A receita tradicional é composta por avelã, amêndoa, frutas cristalizadas, especiarias e mel.
Usei 90% de nozes pecans compradas na ADESC e 10% de castanha do Pará ao invés de avelãs e amêndoas (acredito que deve fiar muito saboroso com pistache, castanha de caju ou macadâmia). Preferi utilizar (feitas conforme descrição no Comidinhas do bem, mas passei no açúcar de confeiteiro no final do processo) grapefruit, limão tahiti e gengibre no lugar das frutas cristalizadas (já fiz com damasco seco e tâmaras e ficou ótimo).





Panforte:
(um panforte pequeno - 100% = 125g)
72% de chocolate amargo (boa qualidade) picado
100% de avelãs
100% de amêndoas
80% de frutas cristalizadas
1,6% de canela em pó
1% de especiarias (pimenta branca, noz moscada e pimenta da Jamaica)
48% de farinha de trigo
4,8% de cacau em pó
96% de açúcar refinado
184% de mel não cristalizado
folhas de papel de arroz (eu não tinha em casa)
Misture a farinha, especiarias, cacau, avelã, amêndoa (eu piquei as nozes pecan grosseiramente, mas pode-se acrescentar inteiras) e frutas picadas grosseiramente.
Misture o açúcar no mel e leve ao fogo, sem mexer, até 117ºC. Retire imediatamente do fogo, adicione o chocolate e verta sobre os ingredientes secos. Misture com vigor - a massa fica bem pesada.
Caso esteja utilizando as hóstias, forre uma forma retangular ou redonda com papel manteiga, coloque a hóstia no fundo e verta a massa (até 3cm de altura). Alise a superfície com uma colher ou espátula.
Asse à 160ºC por 20 minutos. Amorne e desenforme (retire o papel manteiga). Coloque uma outra folha de hóstia por cima. Pode-se polvilhar açúcar de confeiteiro.
Sirva fatias finas com chá, café ou vin santo.
O panforte fica mais saboroso depois de uns dias (cerca de 4-5 dias).


Dúvida sobre os pesos e medidas dos ingredientes? Clique aqui.


Postado por Nina Moori.

Comentários

Laurinha disse…
Não conhecia esta maravilha!!! Ai, como eu queria ser sua vizinha!!!
Ficou lindo!
Deve ser alucinante! (meu pai falava assim, qdo um papá que ele achava excepcional, para ele era 'alucinante').
Beijinhos,
Vitor Hugo disse…
Tenho medo de fazer com macadâmia, pois somente ela já é difícil de parar de comer... imagine com todos esses ingredientes! =O
tb não conhecia..mas fiquei maravilhada.......bjokas
Marizé disse…
Isso deve ser uma delicia! Faz lembrar o Bolo de Mel da ilha da Madeira.

Beijocas
Suzana disse…
Comi panforte há muito tempo atrás e não gostei particularmente, mas este seu com as alterações na fruta cristalizada (que não gosto muito) tem um aspecto delicioso!

Bj
Sheila disse…
Super diferente e aromático... gostei dos ingredientes =D
Gourmandise disse…
Laurinha, estou enrolando para fazer este doce...normalmente os italianos o servem nas festas de fim de ano.

Vitor, acho que a macadâmia está com o preço um pouco abusivo de uns tempos para cá...

Belinha, tem ainda aversão claássica sem chocolate. Vou postar um dia!

Marizé, lembra sim o bolo de Mel da Ilha da Madeira, mas a consistência deste é bem mais dura (não leva ovos, nem fermento e pouca farinha). Lembra a consistência do torrone.

Suzana, vc pode usar frutas secas ao invés das cristalizadas: damasco, tâmaras, passas negras e brancas, ameixas...Fica um pouco menos doce, mas o sabor fica mais profundo!

Sheila, eu gosto de usar o gengibre (mesmo qdo altero os outros ingredientes) cristalizado ou em pó. Acho que ele dá um sabor pungente interessante.

bjos a todos,
Nina.
Sylvia disse…
Sempre vejo, incluso te algo similar na Espanha e aqui se come muito no Natal ,mas nunca provei, justamente por achar que seria algo como o torrone.
Belo trabalho voce teve , mas pela foto vejo que valeu apena.
Beijos
Elvira disse…
Lembra um pouco o plum pudding inglês, nê...? Muito bom para beliscar com um café. :-)

Bjs.
lunalestrie disse…
Ai, que vontade que deu! Belíssimo!
Mariângela disse…
Nina,eu adoro panforte! Aqui em POA tem uma senhora que faz um muito bom porém sem o chocolate. No caso de fazer sem,bastaria deixar fora da receita?beijo!
Gourmandise disse…
Sylvia, gosto tbm porque dura muito tempo...aliás fica melhor depois de 1 semana!

Elvira, o sabor lembra sim! Mas é bem mais rígido.

Luna, se vc utilizar as frutas cristalizadas prontas ou as secas, é bem rápido de fazer!

Mariângela, na receita do panforte sem chocolate que costumo fazer, as medidas mudam um pouco.
Panforte:
125 gr de amêndoas
75 gr de avelãs
235 gr de frutas cristalizadas
60 gr de farinha de trigo
1 tsp de canela
1/2 tsp de cravo
1/2 tsp de semente de coentro em pó
1/2 tsp de noz moscada
1/8 tsp de pimenta branca
185 gr de mel
60 gr de açúcar
açúcar de confeiteiro
O processo é o mesmo. Caso queira experimentar fazer a publicada omitindo o chocolate. Me avise do resultado!

bjocas,
Nina.
Mariângela disse…
Nina,obrigada pela receita, já anotei,vou te mandar uma que saiu na ZH feito por uma confeitaria conhecida aqui de POA e publicada no ZH Gastronomia,beijo!

Panforte

Porções: 8
100g de avelãs torradas e picadas
100g de amêndoas peladas e picadas
150g de laranja cristalizada picada
50g de frutas cristalizadas
100g de açúcar
100g de mel
50g de farinha de trigo
1 colher (sopa) de cacau em pó
1 colher (chá) de canela
1 pitada de cravo-da-índia
1 pitada de noz-moscada
1 pitada de cardamomo
1 pitada de pimenta-do-reino
1. Preaqueça o forno a 200 graus.
2. Numa panela, esquente o mel com o açúcar e deixe derreter.

3. Acrescente todos os demais ingredientes previamente misturados.
4. Mexa bem e coloque em fôrma untada e alise bem.
5. Reduza a temperatura do forno para 150 graus e asse por 30min.
6. Deixe esfriar e cubra com açúcar de confeiteiro.
Cristina disse…
Há dois anos passei dez dias de férias na Toscana e fiquei apaixonada por panforte. Gostei principalmente dos de damasco (com amêndoa e gengibre) e de chocolate. Com custo, consegui racionar o panforte que trouxe para casa: durou um mês!! Ah, que saudades da Toscana, um verdadeiro paraíso de verde!
Parabéns pelo seu blog e obrigada pelas receitas de panforte.
Cristina
Gourmandise disse…
Cristina, o Marcel e eu temos muita vontade de conhecer a Toscana - acho que eu engordaria uns 3 quilos!
Ainda tenho um pedaço deste panforte que fiz, ele fica cada vez melhor, conforme vai envelhecendo.
Volte sempre por aqui!
bjo,
Nina.
Marcia disse…
Nina, tudo bem? Estou apaixonada por esta delícia! Adorei a idéia de trocar as frutas cristalizadas pelo limão, gengibre e grapefruit. Seu blog é muito legal - vou voltar mais vezes... Bjs.
geneci disse…
Eu proveu esta maravilha ontem.
É deliciosa e super forte tb.
O sabor das frutas cristalizadas com as amêndoas, da um toque especial.
ana lucia disse…
QUE LINDO1 MORRO DE VONTADE DE COMER MAS TENDO MEDO DE FAZER E DAR ERRADO MAS ACHO QUE VOU TENTAR. OBRIGADA!
ana lucia disse…
TENHO MEDO DE DAR ERRADO MAS ACHO QUE VOU TENTAR. ESTÁ SIMPLESMENTE LINDO. É DE DAR ÁGUA NA BOCA! OBRIGADA1
Elides disse…
Oi, pode ser usado folhas de waffer ao em vez de óstia e ser banhado com chocolate?
Gourmandise disse…
Elides,

Acredito que se utilizar folhas de waffer, descaracteriza o Panforte. Os italianos orgulham-se de seus produtos da maneira que são há séculos. Este produto deixaria de ser um Panforte, teria que ter outro nome.
Ou use a folha de hóstia (papel de arroz) ou banhe em chocolate (use um bom chocolate não hidrogenado, com alta concetração de liquor de cacau).

att,
N.
marcel gussoni disse…
Fui no mr. google procurar o panforte e olhe só onde caí ;)

Vou arriscar esse final de semana!

Abs

Marcel

Postagens mais visitadas