Feijoada no Pirajá


Outro post sobre almoço em São Paulo. Em pleno feriado, mas ainda com a cidade cheia (será que poucas pessoas viajaram ou gente de fora veio para cá?!), sol, descanso e, feijoada!
O clássico da cozinha brasileira. Pesquisando muito sobre este prato durante a faculdade, descobri que não é uma herança dos escravos e sim uma versão de pratos europeus. Mas nesse assunto entra outro dia (fará parte do TCC do Marcel na pós).
O bar Pirajá cobra R$38,00 por uma feijoada para duas pessoas famintas (mas comemos em três). Acompanha laranja, bisteca e farofa.

Postado por Nina Moori.

Comentários

Andrea disse…
Alô Nina!

Vou acompanhar com interesse essa explicação sobre a feijoada. Não querendo duvidar de profissionais da gastronomia como vocês, me deixa um pouco desconfiada o fato de a feijoada ser proclamada "européia" só agora que se tornou popular entre a população mais abastada do nosso Brasil...
Mariângela disse…
Eu gosto muito de feijoada mas quando faço deixo fora aquelas cartilagens de porco que não me apetecem muito, gosto né! Mas o feijão preto cozido com charque,linguiças,costelinha,etc fica delicioso, gosto muito da laranja também,que delícia!beijo!

Nina,já li por aqui que vocês gostam de chás da Loja do Chá, deixa eu te contar que a Carla,a proprietária,é nossa amiga pessoal há vários anos,ela também é de POA, vocês estão bem assessorados aí,ela entende mesmo do assunto além de ser um doce de gente e muito acessível(sou suspeita né..) Fico feliz quando vejo que as pessoas apreciam os chás da TeeGschw., a querida Carla é uma super especialista,mundo pequeno né..
Vitor Hugo disse…
Feijoada! Noooooo! /o/ Depois da feijoada colossal do evento que trabalhei, não quero ver tão cedo! Hheheh

Você diz o Cassoulet,
"Cozidos", etc? :)
Le Vin au Blog disse…
Oi, Nina!
Bisteca é algo que se sirva em feijoada aqui no Rio. :)

Marcel, você sabe alguma coisa sobre espumante ou vinhos da uva Tannat harmonizarem com feijoada? Já nos disseram isso, mas nunca testamos.

Abraços.
Claudio e Rafaela
Oi Andrea, não vamos esquecer de te avisar qdo publicarmos sobre o trabalho do Marcel. Se quise posso te passar alguns autores de bons livros e sociólogos que explicam sobre a origem da feijoada.

Ai Mariângela, acho que eu gosto de tudo que vai na feijoada, mas é bem comum as pessoas não gostarem de todas as partes do porco.
Que sorte ter uma especialista em chás como amiga! Atualmente acho que ela é umas das melhores especialistas na área no Brasil.

Oi Vitor! Mais um pouco vc tinha mergulhado em feijoada! Não só o cassoulet, mas cozidos portugueses tbm.

Claudio e Rafaela, vou deixar para o Marcel responder depois...

bjos a todos,
Nina.
Claudio e Rafaela,
Também já li sobre estas duas opções. Considero mais adequado a tannat pois possui estrutura semelhante ao prato. Só devemos prestar atenção ao teor alcóolico do vinho, a feijoada é um prato salgado (carnes secas)e tende a destacar o álcool de vinhos com algum desequilíbrio alcóolico.
Sobre o espumante alegam que a boa acidez limparia o paladar, pessoalmente acho que o prato "atropela" o espumante. Se o intuito for limpar o paladar considere pedir água com gás e terá o mesmo efeito (pagando menos).
Boas sugestões podem ser um Madiran, Cahors, Tannat uruguaio (cuidado com o álcool) e já tentei também com Petit Verdot argentino (que também funcionou).
abs,
Marcel.
Le vin au Blog disse…
Oi Nina,

Pode enviar para o e-mail: levinaublog@gmail.com

Abs.,
mas k bela feijoada ,completamente diferente da nossa.fiquei com vontade de experimentar...bjokas
Oi Belinha esta é a nossa típica feijoada!
bjo,
Nina.
bia disse…
feijoada !!! adoro, nao sou chegada às carnes dela, mas adoro feijoada, de vez em quando eu preparo aqui, me deu agua na boca esta foto. bjs
Marizé disse…
Feijoada á brazileira é bom demais, fico a aguardar as explicações com muita curiosidade.
Dinha disse…
Nina, obrigada pela dica, e que feijoada caprichada viu ;), para mim que como pouco, deve dar até para 4 pessoas tranquilo, abraços.
Bia, Marizé e Dinha, sou uma aficionada em feijoada, acho que já experimentei de todos os lugares famosos de São Paulo.
bjo,
Nina.

Postagens mais visitadas