Challah


Fiquei com muita vontade de comer um pão challah depois de ver muitas receitas por esses dias na internet.
Acho que a última vez que fiz este pão foi na faculdade. Nem lembrava onde estava a receita, por isso segui a da Andrea Kaufmann (no site do Panelinha).
Mas como sempre dou uma "mexidinha" nas receitas: acrescentei cerca de 80g de farinha de trigo (achei que a massa estava muito mole) e 2gramas de açafrão em pistilo (fiz infusão na água morna). Não assei na forma como a receita pedia, trancei e modelei em formato redondo (no Rosh Hashaná o formato é redondo para representar continuidade e eternidade, como o círculo que não tem começo nem fim; sem ângulos, nem arestas, um pedido para um ano sem conflitos).
Eu comi com azeite e mel, mas acho que nesta época comem apenas com mel (para adoçar o ano que começa).


Dúvida sobre os pesos e medidas dos ingredientes? Clique aqui.

Postado por Nina Moori.

Comentários

fezoca disse…
challah eh o meu pao diario, que eu como com mel. adoro, porque eh doce, mas eh extremamente leve. um dia, quem sabe, farei como voce e tentarei fazer um challah caseiro! ;-) bjo!
Gosto da textura fofinha deste pão. Tenho mania de fazer pães, sempre que posso prefiro fazer que comprar...mas tem que ter tempo...
bjo,
Nina.
Laurinha disse…
Adorei a versão amarelinha!
Vou ter que confessar que ele já entrou para a lista dos pães para fazer!
Postei o do Joana Francesa lá, se vc quiser ir dar uma olhadinha...:)
Beijinhos,
Laurinha, passei já pelo seu blog. Ficaram ótimos com queijo por cima!
bjo,
Nina.
Verena disse…
Nina, que lindo pão, sou fã incondicional da arte da Padaria. Vou anotar já para testar. Beijos e volte sempre no Mangia.


www.mangiachetefabene.wordpress.com
Marizé disse…
Não conhecia o pão challah, vou ter de provar! Toca a meter as mãos na massa, Marizé!
Verena, este pão é um meus preferidos, combina com tudo e é fofinho. Também adoro panificação, estou sempre a procura de novas receitas!

Marizé, o challah é pão da cozinha judaica. Normalmente ele é apenas trançado e tem formato oval com pontas mais finas, mas na época do Rosh Hashaná, ele é redondo. Existem receitas com recheio, com menos açúcar, sem açafrão ou em formato de pão de forma. Lembra a consistência do brioche.

bjos as duas,
Nina.
laila disse…
nina tbm nao conhecia esse pão fiquei encantada com a textura...parece tão fofo! quem sabe me arrisco! bjs
Oi Laila, ele é adaptável a vários formatos. Bem útil para sanduiches, pudim de pão, rabanada ou puro.
bjinho,
Nina.
Nani do Paulo disse…
Este pão está show!
Parabens!!!
bia disse…
ficou com uma cor linda ! bjs

Postagens mais visitadas