Sauvignon blanc


Final de semana degustamos dois brancos chilenos.
Um era o William Cole 2006, vinho vencedor do concurso Top 10 da Expovinis 2007 na categoria Sauvignon blanc. Para quem gosta de aromas de maracujá, este vinho é a escolha, com nuances de abacaxi, maçã verde e grama. Deve ser servido muito bem resfriado, caso contrário o álcool poderá aparecer de forma desagradável além de um certo amargor. Possui uma acidez cortante, longa persistência e retro de maracujá (fruta e não o aroma artificial). Preço aproximado R$ 60,00.

O outro era o Casa Rivas 2006 varietal. Foi degustado em um restaurante durante o jantar, por isso a análise dele não foi a das mais técnicas. Possui um carácter mais cítrico (limão e siciliano), corpo ligeiro e uma notória doçura. Talvez se fosse degustar este sem comida, este vinho se tornaria um pouco enjoativo (devido à doçura), porém acompanhado de um buffet de saladas (aspargo, gravlax, couscous marroquino, legumes grelhados) combinou bem. Preço aproximado R$ 17,00 meia garrafa no restaurante. Um bom exemplo de um vinho simples que se degustado sozinho apresentaria alguns defeitos e harmonizado com comida teve suas arestas aparadas. Esquecemos de tirar uma foto dele e por isso a foto correspondente é de 2005.

Postado por Marcel Miwa e Nina Moori.

Comentários

Duly disse…
Aqui em casa neste fim de semana,degustamos também um chileno,só que tinto meu marido adora os vinhos chilenos
Oi duly, acho que nós geralmente bebemos tintos, mas como tinha esquentado um pouco no fim de semana, optamos por brancos. bjo, Nina.
fezoca disse…
aqui em casa so entra os californianos --e os rarissimos portugues, pelos quais estou in love! ;-)

beijoo,
Os vinhos americanos chagam no Brasil a um preço exorbitante (além de não termos muita variedade). Só como exemplo, o vinho Delicato (linha básica) custa aqui em torno de US$24 (não estou brincando!). bjo, Nina.

Postagens mais visitadas